No contexto atual em que três gerações distintas se encontram ativas, torna-se um grande desafio para as organizações saber colocá-las a trabalhar em conjunto. No entanto, a criação de equipas constituídas por colaboradores de gerações diferentes possibilita uma aprendizagem mútua sobre a cultura, caraterísticas, métodos de trabalho, valores e linguagem que contribuem para a compreensão holística dos problemas e identificação das melhores soluções para negócios ou processos.

Mesmo que não seja possível a formação de equipas intergeracionais, as organizações devem fomentar a implementação de programas de mentoring bilateral que promovam a transferência de conhecimento e uma gestão eficiente do know-how.

Dispomos das competências necessárias para auxiliar na criação de um ambiente de abertura e de inclusão com programas adequados que permitam a participação dos colaboradores no desenvolvimento da organização, independentemente das diferenças existentes nas faixas etárias.