A implementação de um Plano de Apoio ao Empregado - PAE - é um investimento na responsabilidade social interna das organizações, com impactes positivos na vida dos colaboradores que encontram assim resposta para muitas questões para as quais não têm tempo nem meios para resolver – otimização de tempo livre para o colaborador, redução dos níveis de stress e ansiedade e horas de produtividade ganhas pela empresa. 

 


Esta solução pode disponibilizar serviços de aconselhamento e acompanhamento a todos os colaboradores da organização e familiares que com eles vivam, serviços de gestão do quotidiano e apoio direcionado aos recursos humanos em casos de incidentes críticos, num programa abrangente e integrado.

 

A base de um programa de apoio ao empregado inclui o apoio legal, psicológico e financeiro através de uma linha telefónica à qual podem recorrer sempre que necessitarem. Esta ajuda é totalmente voluntária e confidencial e pretende-se que a situação seja resolvida num curto espaço de tempo para que o impacte na produtividade seja o menor possível.
A intervenção no âmbito do apoio psicológico passa por ajudar a ultrapassar situações de luto, divórcio, relação com filhos adolescentes e conflitos no trabalho, por exemplo.

 

No apoio legal, as situações mais frequentes relacionam-se com divórcios, matrimónios, partilhas, conflitos com condomínios, minutas de contratos de arrendamento, compra e venda de imóveis, entre outros.

 

Quanto ao apoio financeiro, o aconselhamento vai de encontro à gestão das finanças pessoais e familiares.

O PAE é apresentado em três categorias: Primary Care, Extra Care e Premium Care.  

Para mais informações, consulte-nos