O dia-a-dia de qualquer organização leva a que os seus colaboradores experienciem constantemente diversos tipos de situações no local de trabalho que podem conduzir tanto à sua plena realização pessoal, como a sentimentos de stress, ansiedade, desânimo ou frustração. Estas podem ou não decorrer diretamente das tarefas e do trabalho em si mas, independentemente da fonte das emoções, torna-se difícil não as expressar durante o horário laboral, acabando por afetar a produtividade dos colaboradores.

A prática de mindfulness tem-se revelado cada vez mais comum no mundo ocidental como forma de cuidar e atenuar diversas condições físicas e mentais, incluindo a ansiedade, a prevenção de recaídas depressivas e até o tratamento de comportamentos aditivos. Adicionalmente, tem ganho popularidade no mundo inteiro como um método de excelência para lidar com as emoções e com as situações que vão acontecendo no dia-a-dia.

Desta forma, é realmente possível mudar a forma como se gere e reage, por exemplo, a situações geradoras de stress, dando-lhe uma ferramenta valiosa para ficar mental e fisicamente saudável.

Os programas de mindfulness começaram a ser implementados nas empresas como formas de melhorar o bem-estar dos colaboradores, reduzindo o stress e melhorando a saúde dos mesmos. Esta prática já foi adotada a nível internacional por grandes empresas, revelando muitos benefícios para os colaboradores e para as empresas.